Brasil: Mediadores comunitários começam a atuar em núcleos no Recife e Olinda

. . PARTICIPACIÓN DEMOCRATICA . .

Um artigo de Diario de Pernambuco

Os mediadores de conflitos formados pela Secretaria de Justiça e Direitos (SJDH) começaram a atuar em dois núcleos de mediação de conflitos inaugurados nos bairros de Rio Doce, em Olinda, e Bomba do Hemetério, no Recife. Os espaços fazem parte um conjunto de oito que serão implantados em seis bairros da região metropolitana e geridos por quatro Organizações Governamentais (ONGs), com o apoio do Governo do Estado através da SJDH, e do Programa Mediação de Conflitos, da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH). A parceria foi firmada no dia 18 de julho com o Coletivo Mulher Vida, Grupo Ruas e Praças, Cáritas Brasileira NE2 e Grupo Adolescer.


Seminário de Mediadores Comunitários de Conflito na Região Metropolitana do Recife

O núcleo comunitário da Bomba do Hemetério está em funcionamento na Agremiação Gigante do Samba, na Rua das Crianças. O espaço, gerido pela Cáritas Brasileira NE2, conta com quatro mediadores e oferece atendimento inicial na segunda-feira, das 8h às 13h, e na sexta-feira, 14h às 17h, sendo necessário que o interessado apresente RG [Registro Geral] e informe telefone para contato. Após avaliação inicial, será realizado agendamento da mediação.

(Artigo continuou na coluna à direita)

(Clique aqui para a versão inglês.)

Pregunta(s) relacionada(s) al artículo

Mediation as a tool for nonviolence and culture of peace

(Artigo continuação da coluna esquerda)

Já em Rio Doce, o núcleo comunitário funciona na Escola Polivalente Compositor Antônio Maria, localizada na Avenida Acácias. No espaço, que é gerido pelo Coletivo Mulher Vida, o atendimento é realizado por três mediadores, na quarta-feira, das 9h às 11h, e na sexta-feira, das 14h às 16h. Os interessados devem comparecer ao local com documento de identificação com foto e comprovante de residência.

Santo Amaro é o próximo bairro a ter núcleos inaugurados. Nesta terça-feira, às 13h, o Núcleo Adolescer abre as portas para a população. Na quinta-feira é a vez do Núcleo ruas e Praças começar a atender a comunidade. A inauguração do espaço acontece às 13h30.

Os mediadores passaram por uma formação com duração de 40 horas/aula, ministrada entre os dias 18/07 e 08/08 pela equipe técnica do Programa de Mediação de Conflitos da SEDH, formada por psicóloga, assistente social e advogada. Entre os assuntos abordados na formação: direitos humanos, cultura de paz, conflitos, mediação comunitária, o papel do mediador, rede socioassistencial.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *